CLINIQUE LA PRAIRIE

Líder suíça em tratamentos de beleza, La Clinique La Prairie inaugura novo Centro de Medicina Estética, dedicado ao bem-estar: um concierge da saúde. Localizado perto de Montreux, trata-se do spa médico mais caro do mundo, onde um paciente chega a pagar 30 mil dólares por uma semana de tratamento para retardar o processo de envelhecimento 

A reputação da marca começou há 85 anos, quando o professor Paul Niehans aplicou a primeira injeção de células frescas de ovelha em um paciente: nascia ali o pioneiro em terapias de rejuvenescimento. Desde então, vários procedimentos injetáveis, de esfoliação e laser e os mais recentes métodos para estimular a renovação celular da pele estão disponíveis – sem que uma cirurgia invasiva aconteça. Para este novo centro, o objetivo é hidratar, regenerar, renovar a firmeza da pele, suavizar rugas e esculpir o corpo, diminuindo progressivamente o processo de envelhecimento. O médico Parzin, especialista em medicina estética há 20 anos, define um programa de tratamento para cada paciente de acordo com suas necessidades individuais. “Nós nos referimos ao nosso trabalho como ‘alta costura’, porque cada pessoa é única”, explica o especialista. Entre os principais equipamentos disponíveis estão: o laser Cutera, para tratar manchas escuras; o laser ablativo, para amenizar cicatrizes e reduzir as rugas; a máquina de escultura corporal, a Coolsculpting, que promete eliminar parte das células adiposas utilizando temperaturas frias; entre outros. “A beleza está intimamente ligada à saúde e ao equilíbrio harmonioso do corpo e da mente”, diz Arnaud Marche, COO da Clinique La Prairie.

whats app