LOUVRE MUSEUM ABU DABHI

Projetada para ser uma cidade-museu, o museu Louvre de Abu Dhabi levou cerca de uma década para ficar pronto. Foi uma colaboração entre a França e o Emirado de Abu Dhabi, o Louvre Abu Dhabi, do arquiteto Jean Nouvel. Localizado na Ilha de Saadiyat e cercado pelo mar, a estrutura do museu possui nada menos que 55 prédios individuais, com 23 galerias, restaurante, museu infantil, auditório e exibições. A arquitetura conta com uma série de estruturas que imitam os assentamentos característicos da região.

“É bastante incomum encontrar um arquipélago construído pelo homem”, sugere Nouvel. “É ainda mais incomum ver que ele é protegido por um guarda-sol que cria uma chuva de luz”. O projeto foi concebido como uma “cidade museológica (medina)”, combinando a arquitetura tradicional árabe com projeto contemporâneo e engenharia energética de ponta.

A cúpula dupla de 180 metros de diâmetro apresenta uma “geometria horizontal radial e um material têxtil perfurado, proporcionando sombra pontuada por feixes de sol”. Construído a partir de 7.850 estrelas metálicas singulares, a estrutura cria uma “chuva de luz” em movimento sob o sol. De acordo com o arquiteto, estas são “uma reminiscência das folhas de palmeiras sobrepostas dos oásis dos Emirados Árabes Unidos”. Ele continua:

O Louvre Abu Dhabi incorpora um programa excepcional no sentido literal da palavra. Sua vocação é agora expressar o que há de universal ao longo dos tempos. Sua arquitetura o torna um lugar de convergência e correlação entre o imenso céu, o horizonte do mar e o território do deserto. Seu domo e cúpula imprimem no espaço a consciência do tempo e do momento por meio de uma luz evocativa de uma espiritualidade própria“.

Jean Nouvel

O Louvre Abu Dhabi representa o primeiro museu universal no mundo árabe. Como instituição independente, utilizará o nome do musée du Louvre pelos próximos trinta anos.

whats app