ALL NEW LOBBY HOTEL RENAISSANCE

O Renaissance São Paulo Hotel, localizado em uma das regiões mais vibrantes e sofisticadas de São Paulo, no bairro dos Jardins, redefine o cenário do lobby com espaços energéticos e experiências surpreendentes, que atrai um público antenado, urbano e em busca de se conectar com o destino.

O novo conceito do projeto de arquitetura de interiores do lobby do hotel, assinado pela jovem arquiteta Flávia Romi, foi embasado em uma narrativa que ressalta a importância da arte, da moda e do design paulistano na história e na cultura da cidade. O resultado foi a criação de espaços fluídos, integrados e contemporâneos, com clima fashion urbano, tão presente na cidade. O projeto ainda conta com a produção de objetos e curadoria das obras de arte assinadas pelo designer Henrique Steyer,que em sua montagem adiciona elementos únicos e dramáticos ao lobby.

A renovação foi motivada para integrar os diferentes ambientes do lobby à atmosfera e história da cidade, levando as heranças culturais do design brasileiro e, principalmente, o paulistano, para o mundo. Na renovação, com investimento superior a R$ 1,5 mi, os destaques vão desde móveis de designers renomadosaté móveis de designersem ascensão comoRonald Sasson, Ana Neute e Guilherme Wentz. Contudo, a renovação preserva os revestimentos tradicionais do hotel, como o piso de mármore e painéis de madeira.

O ponto central do projeto do lobby é a área do Living Lounge Bar & Sushi. Sobre esse lounge há uma grande luminária desenhada para criar uma atmosfera única sob o amplo pé direito de seis metros. Composta por mais de 40 esferas de fibra de vidro fixas a uma estrutura metálica, a peça foi desenhada pela arquiteta Flávia Romi e executada pelo cenógrafo Carlos Rossi. O lounge também é composto por um grande sofá modular que funciona como uma ilha central e organiza o espaço de forma fluida e integrada. Junto dele, há diversos móveis de design assinados, como a poltrona Platner e a mesa Carretel.

Já o espaço do lounge de espera foi repensado como uma caixa inserida no grande volume do hall de entrada do hotel. Com pé direito mais baixo, o ambiente foi projetado para ser intimista e acolhedor. Sua estante metálica, de desenho assimétrico, traz brilho e remete a sofisticação da moda na cidade, e com as peças do Ateliê Manos dão o toque final do espaço.

“Enxergamos uma oportunidade de renovar o lobby para que os nossos convidados tenham uma experiência ainda mais completa e consigam mergulhar em toda a riqueza que a capital paulista tem para oferecer, desde a gastronomia à arquitetura. As mudanças celebram a essência do bairro do Jardins, tangibilizando os valores e as características da marca e da cidade como forma de convite para o hóspede experimentar a verdadeira essência do bairro e ter uma nova sensação de São Paulo”, afirma Vanessa Martins, Gerente Geral do Renaissance São Paulo Hotel. 

Logo na entrada, uma escultura com 3 metros de altura, chamada “Grão Filipe”. Um imenso grão de café revestido em folhas de ouro, simboliza sorte, remete às origens da riqueza da cidade, além de destacar o maior símbolo de hospitalidade no Brasil. “É em torno de uma xícara de café que desdobra-se toda a vida brasileira, ele dá boas-vindas e é um delicioso pretexto para que todos se reúnam em torno de uma mesa para conversar.” acrescenta a Gerente Geral.

Com um grande acervo fixo de obras de artistas brasileiros, o hotel possui uma escultura de Emanoel Araújo, logo na entrada; um grande painel na fachada do ceramista pernambucano Francisco Brennand; um mural interno feito por Tomie Ohtake; a obra “Cantareira” de Gregório Gruber e a Serigrafia do reconhecido Arcangello Ianelli. Além dos renomados artistas, novos nomes de artesãos locais foram adicionadas ao projeto – como é o caso da ceramista Nathalia Favaro,AteliêEstudio Manus, de Daniela Scorza e Caio de Medeiros em parceria com artesãos por todo o Brasil e a intervenção urbana do artista plástico e grafiteiro Bieto,sobre o antigo piano de cauda do hotel.

Inspirada na vida cultural da cidade, uma enorme cortina de veludo compõe o bar central do lobby e remete aos espetáculos que acontecem no Teatro Renaissance, presente no hotel, e em toda a cidade.

O equilíbrio entre peças hi-low se faz presente também em itens decorativos e ambientações, como o jardim vertical, composto por exuberantes plantas tropicais, junto de um lettering em neon “Existe amor em SP”.


Com o novo projeto de arquitetura de interiores, decoração e design, o hotel oferece uma imersão ainda maior na cultura paulistana, unindo personalidade e conforto para seus visitantes. Essas histórias tornam as viagens emocionantes e inspira os hóspedes a levarem para casa histórias que possam compartilhar.

Serviço:

Renaissance São Paulo Hotel

Alameda Santos, 2233 – Jardins – São Paulo – SP

Visite:www.renaissancesaopaulo.com.br

Reservas: 0800-703-1512  / reservas.brasil@marriott.com

Facebook:www.facebook.com/renaissancesaopaulo

Instagram: @renaissancesaopaulo

Sobre o Renaissance São Paulo Hotel:

Com uma vista privilegiada e localizado em um dos bairros mais sofisticados e culturais de São Paulo, o Renaissance São Paulo Hotel, oferece experiências exclusivas aos hóspedes e clientes.

Para perfis de negócios ou lazer, a infraestrutura do hotel conta com uma diversidade de serviços que vão desde opções gastronômicas renomadas, de bem-estar e saúde com o The Spa at Renaissance e uma das maiores academias de rede hoteleira a espaços para eventos e encontros sociais e corporativos, além de ter o maior acervo de obras de arte em hotéis no Brasil.

O Renaissance São Paulo Hotel conta com 444 apartamentos, que variam entre apartamentos Deluxe, Club/ Suítes e uma Suíte presidencial com 309 m².

whats app